Navegação – Mapa do site
Dossiê "Políticas de Visualidade, Práticas Visuais e a Construção de Espaços de Imaginação"
Artigos

Práticas artísticas contra o esquecimento dos conflitos quotidianos na América Latina: Berna Reale, Teresa Margolles e Oscar Muñoz

Artistic practices against the oblivion of everyday conflicts in Latin America: Berna Reale, Teresa Margolles and Oscar Muñoz
Susana Rocha
p. 19-30

Resumos

Desmistificando a visão da arte latino-americana como uma arte menor, dependente de apropriações e reformulações de conceitos vindos de universos a si estranhos, este texto analisa como os contextos sociais de um número significativo de países da América Latina, e a capacidade interventiva da arte junto da sociedade, têm sido marcantes para a afirmação definitiva de uma legítima autonomia que recusa qualquer dependência do eixo artístico europeu/norte-americano. Partindo sobretudo dos textos do teórico Geardo Mosquera, e abordando as obras de três artistas contemporâneos latino-americanos: Berna Reale (Brasil), Teresa Margolles (México) e Oscar Muñoz (Colômbia), evidencia-se o modo como, apesar de socialmente envolvida com o seu contexto, a arte criada a partir da América Latina, se afirmada com um carácter global que ultrapassa em muito qualquer noção de fronteira, participando de um diálogo internacional. Propõe-se que, caso alguma característica diferencie a arte produzida na América Latina, esta seja a vontade de uma arte baseada numa consciência de um não condicionamento às estruturas estabelecidas.

Topo da página

Notas da redacção

Recebido em: 2016-11-30
Aceitado em: 2017-05-05

Extracto do texto

Este documento será publicado online em texto integral em Outubro 2017.

Mapa

Da adversidade vivemos!
Berna Reale
Teresa Margolles
Oscar Muñoz
Práticas artísticas contra o esquecimento dos conflitos quotidianos na América Latina

Visualização do texto

Da adversidade vivemos!

Cada época histórica e cada espaço geográfico, com o seu contexto social e político, despertam nos artistas reacções e estímulos que são frequentemente canalizados para a produção artística. É assim natural que as suas obras se tornem relatos e evidências dos problemas de um lugar e de uma época, e simultaneamente o seu legado.

A América Latina (se um tão alargado conceito resiste à disparidade das suas realidades) é um exemplo claro de como a prática artística se impulsiona pela necessidade de autonomia, podendo problematizar questões nacionais, históricas, sociais, políticas ou simplesmente geográficas, sem produzir uma arte regional, e sem limitar o impacto e a relevância das obras a um contexto menor.

Porém, só recentemente as práticas artísticas para lá do eixo europeu/norte-americano, começaram a receber o seu legitimo reconhecimento, sem as tradicionais conotações de exotismo, folclore ou tropicalidade, ou sem serem caracterizadas como uma degeneração de ...

Topo da página

Para citar este artigo

Referência do documento impresso

Susana Rocha, « Práticas artísticas contra o esquecimento dos conflitos quotidianos na América Latina: Berna Reale, Teresa Margolles e Oscar Muñoz », Cadernos de Arte e Antropologia, Vol. 6, No 2 | -1, 19-30.

Referência eletrónica

Susana Rocha, « Práticas artísticas contra o esquecimento dos conflitos quotidianos na América Latina: Berna Reale, Teresa Margolles e Oscar Muñoz », Cadernos de Arte e Antropologia [Online], Vol. 6, No 2 | 2017, posto online no dia 01 Outubro 2017, consultado o 17 Agosto 2017. URL : http://cadernosaa.revues.org/1262 ; DOI : 10.4000/cadernosaa.1262

Topo da página

Autor

Susana Rocha

Centro de Investigação e Estudos em Belas Artes (CIEBA). Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa (FBAUL), Portugal

Bolseira da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), Portugal.

susanavrocha@gmail.com

Topo da página

Direitos de autor

© Cadernos de Arte e Antropologia

Topo da página
  • Logo ERIH PLUS
  • Logo EBSCO – EBSCOhost Online Research Databases
  • Logo Latindex – Sistema de Información sobre las revistas de investigación científica
  • Logo DOAJ – Directory of Open Access Journals
  • Logo Navba
  • Revues.org